[Opções de Compra] Como Aliar Baixo Risco Com Alta Rentabilidade

Há cerca de 7 anos atrás, quando eu ainda engatinhava na bolsa de valores e ainda era um trader, fui apresentado por um amigo meu às Opções de Compra.

Confesso que num primeiro momento fiquei bem receoso quanto a isso, pois eu já tinha ouvido várias histórias de pessoas que perderam 100% do dinheiro investido em questão de poucos dias, então ouvi seu conselho com ressalvas.

Entretanto, ele me tranquilizou dizendo que o tipo de operação que ele ia me explicar era diferente, com risco limitado e ganhos expressivos se feito de maneira consciente.

Foi um pouco difícil de entender no início, mas com o tempo eu vi como toda essa operação funcionava e vi que ela poderia ser usada tanto pelos traders quanto por Buy and Holders com muito sucesso.

Existem diversas operações que você consegue fazer com opções, mas essa, que alia simplicidade, com bons retornos e segurança, chama-se Venda Coberta ou Lançamento Coberto.

Continue lendo esse artigo para:

  • Descobrir o que são as Opções de Compra.
  • Entender como funciona o Lançamento Coberto e começar a aplicá-lo desde já.
  • Como lucrar com o Lançamento Coberto.
  • Quais os riscos desse tipo de operação.
  • Como o Buy and Holder pode fazer o Lançamento Coberto de forma segura e quase sem riscos.

Parece interessante? Então clique em algum dos ícones acima e compartilhe na sua rede social favorita para que seus amigos também tomem conhecimento a respeito desse tema.

Combine o que você vai aprender com uma estratégia poderosa e maximize seus lucros com baixo risco. Baixe agora GRÁTIS o eBook "A Estratégia Definitiva Para Vencer na Bolsa de Valores" e turbine seu aprendizado.

Continue lendo até o fim para descobrir a poderosa estratégia de Venda Coberta.

O que são Opções de Compra (call)?

Opções de compra são uma espécie de contrato onde o vendedor se compromete a vender suas ações por um preço pré-estipulado para o comprador de suas opções de compra.

As opções de compra são um tipo de derivativo, que são negociadas por um prêmio. Cada opção de compra tem um preço de strike e uma data de vencimento.

Para que você entenda melhor, vou explicar o que significa cada termo em negrito, que nada mais são do que nomes técnicos cujos significados são bem simples.

  1. Derivativo: quer dizer que a opção de compra deriva de alguma coisa, e nesse caso, ela deriva de uma ação a qual ela está atrelada. Existem opções de compra de várias empresas, Petrobrás, Vale, Itaú Unibanco, Bradesco etc. No mercado brasileiro apenas algumas bluechips possuem liquidez para suas opções, diferente do mercado americano onde a liquidez é muito maior para várias empresas.
  2. Prêmio: preço de cada opção de compra.
  3. Preço de Strike: é o preço pelo qual o vendedor da opção de compra deve vender suas ações se ele for exercido pelo comprador de suas opções de compra.
  4. Data de vencimento: é simplesmente a data de validade da opção de compra, que no caso, sempre vence na terceira segunda-feira de todos os meses.

Assim, o vendedor (ou lançador, que é o que você vai fazer) se compromete a vender suas ações na data de vencimento pelo preço de strike estipulado na opção de compra (o contrato) para o comprador (tomador) dessas opções.

Logo, para o compradorvale à pena exercer seu direito de comprar as ações se na data de vencimento o preço da ação estiver acima do preço de strike, pois assim ele compra as ações por um preço menor e imediatamente já vende pelo preço de mercado.

Para o vendedor: vale à pena se na data de vencimento o preço da ação estiver abaixo do preço de strike pois assim ele não precisa vender suas ações e embolsa o prêmio.

Então, mais uma pequena revisão para fixar melhor os conceitos:

  • Prêmio: preço da opção de compra
  • Preço de Strike: preço que a ação deve ser vendida ao comprador da opção caso ele exerça o direito.
  • Data de Vencimento: data de validade da opção de compra

Todas essas informações já se encontram no símbolo da opção de compra. Veja como você deve interpretar essa opção de compra de BVMF3 com preço de strike em R$ 16,40, vencimento em abril e que está sendo negociada por R$ 0,66 (prêmio):

BVMFE16: símbolo formado por Ação base + Vencimento + Strike

  • BVMF: simboliza a ação-base.
  • E: mês de vencimento (abril), cada letra do alfabeto vai simbolizar o mês em questão (A-janeiro, B-fevereiro e por aí vai até L-dezembro).
  • 16: simboliza o preço de strike, que no caso é de R$ 16,40. 

Sempre utilize o buscador de opções do seu homebroker para facilitar a leitura desses símbolos, pois nem sempre o número no final representa o preço de strike com fidelidade.

Então agora que você já sabe como decifrar essa mini sopa de letrinhas, veja como você pode lucrar com elas através da Venda Coberta ou Lançamento Coberto.

O Lançamento Coberto De Opções de Compra

Aqui é onde o Buy and Holder pode incrementar seu retorno sendo um pouco mais ativo no mercado, sem ter que correr riscos desnecessários.

Para facilitar o entendimento, vou utilizar as ações da BVMF3 como exemplo.

Imagine que você tenha 1000 ações de BVMF3 na sua carteira e gostaria de capitalizar em cima delas ao invés de ficar apenas esperando os dividendos e o tempo valorizá-las.

Então você decide por realizar o Lançamento Coberto ou Venda Coberta de opções de compra para conseguir complementar seu retorno com ações.

Assim você vai até o seu homebroker, seleciona o buscador de opções (todo bom homebroker tem isso) e escolhe uma das opções de compra disponíveis para serem negociadas.

Assim que escolher qual opção de compra você quer vender, você coloca o seu código na janela de venda do seu homebroker, escolhe a quantidade e o prêmio que quer pela venda das opções de compra.

No nosso exemplo, seriam 1000 Opções de Compra BVMFE16.

Assim que você concretizar a venda, você se comprometeu com a contraparte (o comprador) a vender suas BVMF3 por R$ 16,40 caso ele queira exercer o direito que lhe é garantido pelas opções de compra que você vendeu.

Veja que você só pode vender em opções de compra a mesma quantidade que tiver em ações, pois assim você estará coberto caso seja exercido.

Imagine se você vendesse 2000 BVMFE16  e fosse exercido? Você teria que vender suas 1000 BVMF3 e comprar mais 1000 BVMF3 pelo preço de mercado, que com certeza será mais alto que R$ 16,40 e vender pelo preço de strike, que é o preço pelo qual você se comprometeu a vendê-las.

Por isso o nome de Lançamento Coberto ou Venda Coberta.

Como o Lançador de Opções consegue lucrar?

Indo direto ao ponto e ainda usando o exemplo anterior, o lançador das opções de compra (BVMFE16) vai conseguir lucrar quando os preços, na data de vencimento, estiverem abaixo de R$ 12,13.

Pois nessas condições, não vai fazer sentido para o comprador comprar as BVMF3 por um preço mais alto que o de mercado.

Assim, o comprador perde seu dinheiro e o lançador embolsa o prêmio que recebeu pela venda das BVMFE16.

Vamos usar números reais para que você entenda melhor, os valores correspondem ao pregão de 01 de abril de 2016:

Então você possui 1000 ações de BVMF3 e decide vender 1000 opções de compra do tipo BVMFE16 por R$ 0,66 no dia 01 de abril de 2016.

Vamos considerar que seu preço médio de compra das BVMF3 está em R$ 15,00 e o preço da ação hoje está em R$ 15,56.

Então teremos:

  • Preço Médio de Compra das BVMF3: R$ 15,00
  • Prêmio das BVMFE16: R$ 0,66
  • Preço de Strike: R$ 16,40
  • Quantidade: 1.000
  • Dias úteis até o vencimento (18-04-16): 12 dias

Assim que você vende as 1000 BVMFE16, na mesma hora o prêmio já cai em sua conta, o que daria R$ 660,00 (1000 x R$ 0,66). Um retorno momentâneo de 4,40% em relação ao seu preço médio de R$ 15,00.

Não vou considerar corretagens, emolumentos nem IR para facilitar o cálculo, mas já adianto que em todas operações desse tipo incide o IR de 15% sobre o lucro.

A partir daí 2 cenários podem acontecer até a data de vencimento:

1. Preços de BVMF3 abaixo de R$ 16,40 na data de vencimento

Nesse caso, as opções de compra BVMFE16 virariam pó, pois o titular não vai ser louco de comprar uma ação por um preço mais alto sendo que ele até pagou um prêmio para ter o direito de compra-la por um preço mais baixo.

Como consequência, você embolsaria todo o prêmio de R$ 0,66, ficando com seu preço médio das BVMF3 em R$ 14,34 (R$ 15,00 – R$ 0,66), o que representa uma rentabilidade de 4,40% em cerca de 12 dias úteis, uma rentabilidade excelente.

Veja que como você está na ponta vendedora, você ganha com a queda dos preços das ações, pois você vende por um preço alto, recebe o dinheiro e recompra por um preço mais baixo, ganhando a diferença.

2. Preços de BVMF3 acima de R$ 16,40 na data de vencimento

Nesse caso, você seria exercido e teria que vender suas BVMF3 a R$ 16,40, que é o preço de strike das opções de compra que você vendeu

Como seu preço médio está em R$ 15,00, prejuízo você não ia ter.

Nesse caso, seu lucro seria de 13,73% (preço de venda + prêmio das opções vendidas / preço médio de compra).

O único porém, é se você quisesse manter suas BVMF3 em sua carteira.

Anulando o Lançamento Coberto

Nesse caso você teria que recomprar as BVMFE16 para anular a operação e se livrar da obrigação de vendê-las.

O problema é que na maioria das vezes você terá que pagar mais que os R$ 0,66 que você recebeu, o que aumentaria o seu preço médio e significaria prejuízo nessa operação. Na melhor das hipóteses, você sairia no zero a zero ou com um lucro pequeno.

Entenda o que influencia o valor dos prêmios

Para entender como os preços das ações base e o tempo que falta até a data de vencimento influenciam no prêmio da sua opção de compra, veja abaixo esses 3 cenários:

Opção Out of the Money (OTM): quando o strike está acima do preço atual da ação

Nessa situação, o prêmio da sua opção de compra vai perder valor muito mais rápido com o passar do tempo, pois as chances dos preços de BVMF3 subirem até o strike vão diminuindo à medida que o tempo vai se tornando mais escasso.

Opção At the Money (ATM): quando o strike está coincidindo com o preço atual da ação

Aqui, a possibilidade de você ser exercido é real, pelo menos no presente, então a tendência é que os prêmios não percam valor tão rápido assim e até aumentem cada vez mais intensamente caso o preço de BVMF3 suba mais ainda.

Opção In the Money (ITM): quando o strike está abaixo do preço atual da ação

Esse é o pior cenário para um lançador de opções de compra, pois aqui o prêmio sofre pouca influência com o passar do tempo, pois o exercício já tem muito mais chances de ocorrer e caso as ações subam mais, a tendência é de que os prêmios subam com mais força ainda, já que as chances de exercícios aumentam junto.

Sendo que quanto mais “pra dentro do dinheiro”, ou seja, quanto mais pra baixo do preço atual da ação o strike estiver, maior vai ser o prêmio da opção de compra.

Existem outros fatores que podem ser estudados ao lançar uma opção de compra, que são as gregas do modelo Black and Scholes, mas que não vou abordar aqui por ser um assunto muito extenso e que, particularmente, não utilizo para fazer lançamento coberto.

Então, veja que basicamente você deve lançar opções com poucas chances de serem exercidas, no caso, as OTM. Você vai ganhar um prêmio menor, mas vai ter muito mais chances de sair no lucro, já que o tempo vai estar sempre ao seu lado.

Nunca faça isso quando for fazer um Lançamento Coberto se não quiser perder suas ações

Além da recompra da opção de compra no prejuízo, existe ainda um outro cenário onde o lançador pode ter prejuízo: se ele for exercido por um preço menor que o preço que pagou pelas ações.

Portanto, nunca lance uma opção de compra com preço de strike abaixo do seu preço médio.

O prêmio que você vai receber vai ser maior, mas a pressão e as chances de você ter lucro e manter suas ações nessa operação serão mínimas.

Se você quiser ser um Buy and holder lucrativo, que foca no longo prazo e não quer se estressar com as movimentações de curto prazo, tenha paciência e seja inteligente: lance opções OTM que dificilmente vão ser exercidas e embolse o prêmio inteiro ou uma parte dele.

O Lançamento Coberto mais lucrativo e consciente pede um pouco de noção de timing e dinâmica dos preços, algo que é possível se você utilizar a Análise Técnica da maneira correta, fazendo o lançamento em momentos estratégicos, mas isso é assunto para outro post.

A maneira mais segura de lançar opções de compra para o Buy and Holder

Agora que você já entende como funciona uma venda coberta e como ela pode melhorar o seu preço médio gerando um expressivo retorno em um prazo curto de tempo, é hora de juntar tudo que é necessário para você fazer um lançamento coberto sem correr o risco de ter prejuízo:

  1. venda de uma opção de compra que tem poucas chances de ser exercida (OTM).
  2. lançar opções quando as condições de mercado forem favoráveis a queda ou no mínimo quando as chances dos preços subirem com força sejam menores
  3. manter o seu preço médio de compra o mais baixo que conseguir.
  4. recomprar as opções quando elas estiverem valendo pouco (menos de R$ 0,10 por exemplo) ou com um bom lucro (50% de lucro já é bem considerável) para não correr o risco de ser exercido.
  5. você ainda pode separar uma parte do seu patrimônio fazer lançamento coberto sem se importar em ser exercido, assim você só tem que se importar em lançar opções de compra que tenham strike acima do seu preço de compra.

Observando todas essas recomendações e seguindo tudo à risca, na prática, as chances de você conseguir uma alta rentabilidade com baixo risco serão de quase 100%.

Sei que é um assunto difícil de entender de primeira, por isso aproveite o espaço que disponibilizo abaixo para tirar suas dúvidas e assim que possível começar a praticar para ganhar experiência.

Caso você tenha interesse, pode ver a estratégia diferenciada que utilizo como Buy and Holder e que facilita a minha vida na hora de lançar opções de compra.

Clique aqui e veja como ela funciona.

A melhor parte é que você consegue aplicá-la com apenas 1 dia de dedicação por semana (no máximo).

Você também pode ver aqui neste interessante estudo de caso como eu realizei uma boa sequência de Lançamentos Cobertos com risco quase zero.

Tenho certeza que você vai entender muito melhor esse tipo de operação e vai poder se aproveitar de mercados em queda para tirar uma grana do mercado.

 

Grande abraço.

-Bruno Kataoka

 

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
BrunoDiego Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Diego
Visitante
Diego

Bruno esse método que vc vende funciona em uma bolsa de valores fora do brasil exemplo bolsa americana