O Que Fazer Antes de Começar a Investir Para Ter Muito Sucesso

investir

 

Antes de começar a investir, você já deve ter ouvido que é preciso poupar, principalmente para os dias ruins.

Bem, eu prefiro pensar que é preciso poupar para os dias bons, pois além disso dar uma conotação mais positiva para o que você deve fazer, nada de ruim pode acontecer se você criar o costume de juntar dinheiro todo mês (nunca vi ninguém quebrar por isso).

Inclusive, esse é um dos pilares mais importantes que vão colaborar para o seu sucesso em qualquer investimento que você fizer, tanto na bolsa de valores quanto nos investimentos em renda fixa.

Portanto, se você quer começar com o pé direito e formar uma boa carteira de investimentos que vai te dar muita tranquilidade e riqueza, tenha a certeza de ter cumprido todas essas etapas:

  1. Ter um sólido controle financeiro.
  2. Criar um fundo de reserva antes de começar a investir.
  3. Fazer sobrar mais dinheiro.

Interessado no assunto? Então compartilhe com seus amigos no Facebook, twitter, Google+ e LinkedIn clicando nos ícones acima e ajude-os a ter melhores resultados em seus investimentos para uma vida mais realizada.

Complemente seus estudos para conquistar melhores resultados. Baixe agora GRÁTIS o eBook "A Estratégia Definitiva Para Vencer na Bolsa de Valores" e comece a trilhar o seu caminho para o sucesso.


Este post está recheado de exemplos reais e dicas que eu mesmo aplico na prática para conseguir ter uma alta lucratividade nos investimentos, inclusive na bolsa de valores, sem abrir mão do que eu gosto de fazer.

Então leia o post até o final para melhorar seus resultados através de todas experiências que descrevo.

1. Ter um sólido controle financeiro (principalmente das suas dívidas)

investir

Antes de você começar a investir em ações, você já deve ter um sólido controle financeiro.

E quando digo sólido, quero dizer que você deve ter suas contas bem organizadas, deve gastar menos do que ganha e deve ter o máximo controle sobre suas dívidas (se possível, nem tê-las).

O atraso no pagamento de empréstimo pode resultar em surpresas desagradáveis mais pra frente e provocar um rombo no seu orçamento muito maior do que você imagina.

Recentemente um grande amigo meu me revelou que tem passado por um grande problema financeiro nos últimos 5 anos, quando viu uma dívida bancária de sua mãe saltar de R$ 60 mil para R$ 400 mil em questão de poucos meses em razão de um descontrole financeiro motivado por questões emocionais.

Não vou entrar em detalhes sobre o que causou isso, mas uso esse exemplo apenas para mostrar para você como poucas decisões ruins tem o poder de causar um problema que pode durar por décadas.

Só pra constar: pagando R$ 8 mil ao mês, ele disse que consegue quitar essa dívida até 2020, isso se nada mais acontecer.

Foi algo raro? Sim, principalmente no caso do meu amigo que sempre foi controlado, mas basta apenas acontecer uma vez para que tudo isso atrapalhe o seu futuro financeiro por vários e vários anos.

Anos que poderiam ser onde você iria ter um alto lucro na bolsa se não tivesse que usar o seu dinheiro para pagar uma dívida que fugiu do controle.

Ou pior ainda, você poderia estar em uma posição que está dando prejuízo e por ter que tirar seu dinheiro com urgência, você seria obrigado a realizar um prejuízo para evitar um outro maior, criado por você mesmo.

Isso é algo que não pode acontecer com você caso queira se tornar um investidor de sucesso, principalmente em renda variável. Isso porque o dinheiro grande, que vai deixar você rico com o investimento na bolsa de valores, está no longo prazo.

É possível saber que você está aproveitando uma grande oportunidade na bolsa de valores? SIM!

É possível saber quando essa boa decisão vai gerar um belo lucro e pagar bons dividendos? NÃO!

Pode ser em questão de semanas, um mês, 6 meses, 1 ano ou mais … impossível saber. Mas se você quiser realmente ganhar dinheiro na bolsa, você deve ser capaz de controlar suas dívidas, pois o seu dinheiro vai ter que ficar o máximo de tempo possível investido para que você tenha o maior lucro possível. Isso também serve para a renda fixa, só que é menos grave se você tirar seu dinheiro antes.

Emergências como as do meu amigo não podem acontecer justamente por isso, para que você não seja obrigado a retirar seu dinheiro de um investimento que pode resultar em um grande lucro e mudar a sua vida.

Então, tirando casos extraordinários como o do meu amigo, onde o descontrole foi total e motivado por fatores emocionais (como sempre), você pode e deve ter o controle de suas dívidas.

Prefira sempre juntar dinheiro ao invés de ceder às emoções e fazer um empréstimo ou financiamento para comprar algo que deseja muito.

Isso porque ao pegar empréstimo, você paga juros mensais ao banco que podem sair do seu controle, enquanto que quando você junta e investe, o banco paga juros para você e você tem total controle sobre isso, o que faz uma grande diferença, principalmente no longo prazo.

O melhor dos mundos é que você tenha ZERO de dívidas.

Mas como isso nem sempre é possível, você deve se prevenir para o pior seguindo o passo seguinte.

2. Criar um fundo de reserva antes de começar a investir

investir
Fonte: www.huffingtonpost.com

Imprevistos podem acontecer e acredite, um dia eles vão acontecer, em maior ou menor grau. Espero que em menor, logicamente!

Podem ser desde o menos caros (como um exame que minha esposa quer fazer, que o convênio não cobre e vai sair por R$ 516,00) até os mais absurdos, como o conserto de um câmbio DSG do Golf MK7 (esse Golf mais novo), que em 2014 foi orçado em R$ 20 mil.

Então, antes de investir na bolsa de valores, você deve dar prioridade à sua tranquilidade. Pois além de isso significar uma qualidade de vida melhor, você vai precisar dela para ter melhores resultados quando começar a investir na bolsa de valores.

Trabalhe com afinco, controle seus gastos e junte no mínimo do mínimo pelo menos 10% do que você ganha. Se conseguir juntar mais, melhor ainda!

Assim você consegue preencher os requisitos mínimos com mais rapidez e começa a investir na bolsa o quanto antes.

Quanto ao mínimo que você deve juntar, varia muito e é uma decisão pessoal, mas eu aconselho que no mínimo você junte o equivalente a 12 meses de custos fixos como uma reserva de emergência.

E não apenas juntar, invista essa quantia para que ela vá sempre crescendo enquanto você não usa. Invista de preferência em um investimento de renda fixa que permita que você tire seu dinheiro quando quiser sem ter chance de ter prejuízos.

Qualquer fundo de renda fixa ou investimento que siga a variação da Taxa Selic (como o tesouro pós-fixado) vai ter essas características.

Antes eu seguia o que muitos experts falavam e aconselhava guardar pelo menos 6 meses de custos fixos como reserva de emergência.

Mas ontem mesmo, enquanto eu trocava o banheiro da minha cachorra (sim, ela faz suas necessidades só no jornal e é cachorra de apartamento, uma Chiuhuahua) sem querer li essa triste matéria que saiu recentemente na Folha de São Paulo.

É chato, mas eu realmente preciso falar disso, pois essa é a realidade do nosso país atualmente.

Só que uma hora vai passar, sempre passa e eu acredito que as crises servem para isso mesmo: para nos tornar investidores melhores e mais conscientes.

A crise educa e essa achei que fosse uma boa oportunidade para aprender e alertá-lo, mais do que nunca, da importância dessa reserva de dinheiro para que você não tenha que passar por esse tipo de aperto.

E mesmo depois que você juntar essa quantia mínima de 12 meses, continue investindo seu dinheiro sempre. O melhor dos mundos é quando os juros da sua reserva financeira cobrem todo o seu custo fixo mensal.

Se você está começando agora, pode parecer que a jornada é muito longa e que você vai demorar muito para chegar onde deseja. Eu também pensei o mesmo há cerca de 13 anos atrás quando comecei a trabalhar e a juntar meus primeiros R$ 50,00 por mês. Realmente parece que nunca vamos conseguir chegar lá, mas confie em mim, você consegue, não importa em qual posição esteja hoje, apenas comece e vá melhorando durante o caminho.

Se você já investe na bolsa ou tem o desejo de começar o quanto antes mas não tem essa reserva financeira, recomendo que comece o quanto antes a reforçar ou construir sua reserva, pois você vai precisar disso como um apoio psicológico para aguentar as fortes oscilações da bolsa.

3. Faça sobrar mais dinheiro

investir
Ok, você pegou o espírito da coisa, mas não precisa exagerar.

Sim, você deve fazer sobrar dinheiro todo mês e se esforçar para sempre tentar fazer sobrar mais.

Mas veja bem, não estou falando que você deve ser um mão-de-vaca e deixar de tomar aquele seu cafezinho expresso da Illy que você tanto gosta, afinal você deve se permitir viver os pequenos prazeres da vida.

Só que para isso você deve ter total controle sobre o quanto você pode gastar por mês. Veja aqui algumas dicas quentes que escrevi e que eu mesmo utilizo com sucesso.

Ao invés de olhar muito para cada centavo que você gasta a mais ou deixa de receber de troco, prefira focar nos gastos maiores, como suas dívidas, valor do condomínio, conta de luz, água, gás, TV a cabo, celular, seguro do carro etc.

Aqui sim você deve ligar o seu radar anti desperdício e prestar atenção no quanto esses gastos impactam no seu orçamento e ver se você realmente precisa daquele plano de TV com HBO, Telecine ou se precisa de tantos minutos de celular por mês.

Seja ativo no controle de seus gastos.

 

“Gasto é que nem unha, você deve cortar sempre”.

- Beto Sicupira (CEO AB Inbev)

Recentemente minha esposa decidiu trocar todas as lâmpadas fluorescentes por lâmpadas de led e diminuiu a conta de luz da nossa empresa em 42%. Assim como a mudança do nosso plano de celular para um mais barato pois quase não usávamos os minutos a que tínhamos direito.

Uma corretora para seguros de carro que recomendo e tenho usado há 2 anos é a Bidu, antiga Tacerto.com. Não sei qual o acordo deles com as seguradoras, mas com eles foi onde consegui achar o seguro mais em conta para o meu carro (Bradesco Seguradora). Já indiquei para alguns amigos e eles também tiveram sucesso, experimente fazer uma cotação com eles se você estiver precisando. Só pra esclarecer, eu nãi ganho nada se você clicar no link.

Tudo isso conta a favor para que no final do mês sobre mais dinheiro para você criar sua reserva financeira, investir mais dinheiro ou até mesmo gastar com algum presente que você ache que mereça.

Junte tudo que você não usa em sua casa e venda no mercado livre ou OLX para que o dinheiro retorne para suas mãos e você possa fazer algo de útil com ele.

Enfim, você tem que ter controle sobre o que sai senão você nunca vai conseguir investir no máximo do seu potencial.

Construa uma forte base sobre o seu castelo que ele crescerá com muito mais eficiência e sem limites, para sempre!

Veja agora o pequeno checklist que você deve preencher antes de começar a investir

  1. Ter um sólido controle financeiro.
  2. Criar um fundo de reserva antes de começar a investir.
  3. Fazer sobrar mais dinheiro.

Uma outra coisa importante antes de começar a investir na bolsa, logicamente é saber o que você deve fazer para ter mais chances de sucesso nesse tipo de investimento.

Para isso, tenha a certeza de ter cumprido todo o checklist deste post e caso você queira uma informação mais avançada, assista essa apresentação gratuita agora e já vá se preparando para começar com o pé direito para quando a hora de investir na bolsa chegar.

Se você construir uma base sólida para o seu método de investimento, a alta rentabilidade será apenas uma boa consequência de um bom planejamento e execução.

Tem algum pergunta? Você pode usar o espaço dos comentários que terei o maior prazer em convesar com você.

 

Grande Abraço.

– Bruno Kataoka

 

 

 

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
BrunoFrederico Costa Chaves Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Frederico Costa Chaves
Visitante
Frederico Costa Chaves

Lembrar que quitar dívidas com juros antes de investir é importante.