Como Você Pode Diminuir Seu Risco Para Quase Zero na Bolsa de Valores

risco na bolsa de valores

Se você acha que é impossível diminuir para quase zero o seu risco na bolsa de valores esse post vai fazer você mudar de idéia.

Para isso, vou demonstrar os estudos de um importante professor de economia dos EUA e mostrar como é possível você diminuir para quase zero o seu risco na bolsa de valores.

Logicamente, isso não é algo que se conquista da noite para o dia, mas se você começar desde agora a colocar em prática os importantes conceitos que vai aprender aqui, será apenas uma questão de tempo – literalmente – para alcançar o risco praticamente zero na bolsa de valores.

Portanto, se você quer ter uma vida mais tranquila e com menos stress, enquanto seu dinheiro rende acima da média na bolsa de valores, leia esse post até o final.

Pois hoje você vai descobrir:

  • O ingrediente principal para diminuir o seu risco na bolsa (cientificamente comprovado).
  • Como você pode diminuir para quase zero o seu risco na bolsa de valores.
  • Como minimizar o risco dos seus investimentos na bolsa com mais rapidez e eficiência.

Interessado? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais clicando em algum dos ícones acima, afinal, eles também podem estar precisando desse pequeno empurrãozinho para deslanchar em seus investimentos.

Para complementar os seus estudos, baixe agora GRÁTIS o eBook "A Estratégia Definitiva Para Vencer na Bolsa de Valores" e descubra como se tornar um investidor altamente lucrativo.


Portanto, se você deseja minimizar o seu risco na bolsa de valores – e lucrar ao mesmo tempo – leia tudo até o final.

O ingrediente principal para zerar o seu risco na bolsa de valores

Para revelar qual esse ingrediente poderoso, apresentarei para você uma pequena parte de um extenso estudo de Jeremy Siegel, professor de economia da renomada Wharlton School of Finance, famosa por produzir diversos empreendedores e investidores de sucesso como Peter Lynch, Donald Trump e Warren Buffett.

Siegel realizou um extenso estudo com dados de mais de 200 anos do índice Dow Jones (de 1802 até 2012) onde dentre inúmeras conclusões que estão descritas em seu livro “Stocks for the Long Run”, uma se revelou muito interessante, principalmente se você acha que a bolsa é muito arriscada.

Veja o gráfico abaixo para entender:

risco na bolsa de valores

Neste gráfico, Siegel dividiu os 200 anos de dados do Dow Jones, dos Bonds e T-Bills (Tesouro Direto de lá) em pequenos períodos de 30 anos.

Dentro de cada período de 30 anos, ele dividiu em sub-períodos de 1 ano, 2 anos, 3 anos, 5 anos, 10 anos, 20 anos até 30 anos (eixo horizontal) e coletou os dados de maior alta e maior baixa em cada um dos períodos para cada tipo de investimento.

O objetivo dessa análise era para tirar as distorções que booms econômicos ou quedas drásticas poderiam ter causado nos seus resultados de longo prazo, mas o que ele descobriu foi algo surpreendente:

  • Primeiro: para um período abaixo de 10 anos, apesar do melhor retorno em ações ter batido de longe o melhor retorno dos bonds e t-bills, os piores retornos mostraram um prejuízo maior para quem investiu em ações – é o que todos esperavam.
  • Segundo: para períodos de 10 anos não só as ações tiveram melhores retornos, como também o pior retornoregistrou um prejuízo menor que os outros investimentos tidos como mais seguros – aqui os resultados já me surpreenderam.
  • Terceiro: para períodos até 20 anos e acima disso, as ações continuaram a ter melhor rentabilidade e ainda registraram como pior retorno, LUCRO AO INVÉS DE PREJUÍZO! E um lucro que ainda aumentou nos 10 anos seguintes! – aqui a minha cabeça quase explodiu (apesar de não entender muito bem essa expressão)!

Portanto, a conclusão que podemos chegar é de que o investimento em ações, se feito num período de pelo menos 10 anos, se torna o investimento mais seguro que existe!

Você pode ver mais detalhes desse estudo em um outro post mais detalhado que eu escrevi.

Portanto, o ingrediente indispensável para que você possa praticamente zerar o seu risco na bolsa (e até mesmo torná-lo negativo) é o TEMPO de investimento.

Ou seja, tudo isso é uma jornada, que se percorrida pelo caminho certo, é capaz de fazer, gradativamente, o seu risco na bolsa cair para próximo de zero e até mesmo, ficar com risco negativo.

Veja nesse eBook grátis outros detalhes importantes para que você comece a investir na bolsa de valores, com risco próximo de zero e uma alta rentabilidade.

Logicamente que apenas comprar qualquer ação, por qualquer preço e ficar sentado esperando não é o suficiente, pois se você comprar uma ação ruim, as chances são de que você tenha prejuízo com elas.

Mesmo porque para chegar nesses números, Siegel levou em consideração todas as 30 empresas que formam o índice Dow Jones e não qualquer empresa.

Mas para que você entenda melhor esse mecanismo e consiga aplicar essa teoria na prática com sucesso, leia o próximo tópico.

Como você pode diminuir para quase zero o seu risco na bolsa de valores

risco na bolsa de valores

Agora você vai descobrir qual o mecanismo que tem o poder de quase zerar o seu risco na bolsa de valores.

Isso é muito importante, pois para se comprometer por um período relativamente longo (10 anos ou mais) você precisa entender o que está fazendo, senão você pode desistir antes do tempo por achar que está no caminho errado.

Mas fique tranquilo, o processo é mais simples do que você imagina.

Para isso, imagine que você tenha comprado ações da empresa WYXZ nas seguintes condições:

  • Investimento total inicial: R$ 10.000,00
  • Quantidade de ações: 1.000 ações
  • Preço médio: R$ 10,00

Apenas para facilitar o cálculo, vamos considerar que o preço das ações sempre se manteve em R$ 10,00.

1. Agora imagine que essa empresa pagou dividendos de R$ 1,00 por ação.

Você teria recebido: 1.000 ações x R$ 1,00 = R$ 1.000,00

Não sei se você percebeu o que aconteceu aqui, mas sem que você tivesse que vender nenhuma de suas ações você recebeu dinheiro … legal né?

 

E você poderia pegar esses R$ 1mil – que são depositados diretamente na sua conta da corretora – e gastar com o que quisesse … como um presente para sua namorada, esposa ou com você mesmo.

2. Agora imagine que com esses R$ 1.000,00 você comprou mais ações da mesma empresa (reinvestimento de dividendos).

Ações a mais: R$ 1.000,00 / R$ 10,00 = 100 ações a mais.

Após o reinvestimento, veja como ficam o preço médio e o valor do seu patrimônio:

  • Investimento total: R$ 10.000,00
  • Quantidade de ações: 1.100 ações
  • Preço Médio (investimento total / quantidade de ações): R$ 9,09
  • Valor do Patrimônio (quantidade de ações x preço da ação): R$ 11.000,00

Perceba que ao reinvestir os dividendos o seu preço médio cai, pois você aumentou a quantidade de ações em carteira, sem ter que fazer nenhum aporte adicional de dinheiro do seu bolso.

Ao invés disso, você pegou o dinheiro “que a banca devolveu pra você” e comprou mais ações da mesma empresa.

Isso acabou diluindo o seu investimento total, levando o preço médio de R$ 10,00 para R$ 9,09 (após o reinvestimento de dividendos).

E ao diminuir seu preço médio, o seu risco diminui também. Pois, agora, para você ficar no prejuízo, o preço da ação deve ficar abaixo de R$ 9,09 ao invés dos R$ 10,00 iniciais.

De novo: você poderia ter feito o que quisesse com esse dinheiro dos dividendos, como comprar presentes, gastar com lazer ou qualquer outra coisa, mas você preferiu reinvestir na mesma empresa.

Daqui em diante, você só precisa repetir esse processo

Como os dividendos são distribuídos proporcionalmente à quantidade de ações que você tiver, na próxima distribuição você tende a receber mais dividendos ainda.

Com mais dividendos, você consegue comprar mais ações e diminuir mais ainda o seu preço médio e portanto o seu risco.

É graças a esse processo, que o seu risco na bolsa vai diminuindo e pode ficar até mesmo negativo, como apontou o estudo de longo prazo de Jeremy Siegel.

Na verdade, esse processo nada mais é que a teoria dos juros compostos aplicada na Bolsa de Valores.

risco na bolsa de valores

Além disso, você também vai aumentando o seu patrimônio em ações, ou seja, você minimiza o seu risco e ainda maximiza o seu lucro. 

Você pode ver nesse levantamento com BBAS3, a diferença brutal entre o reinvestimento dos dividendos e outras maneiras de se investir na bolsa de valores.

Veja que não é a à toa que os maiores investidores do mundo são Buy and Holders (investidores que compram ações para o longo prazo) que reinvestem seus dividendos.

Se você é um iniciante e quer saber como encaixar essa poderosa ferramenta dos dividendos, leia esse post para saber como fazer isso com risco mais baixo ainda.

Para que você tenha uma noção melhor do que esse processo pode fazer no longo prazo, veja este interessante gráfico de Robert Shiller e Morgan Housel abaixo:

risco na bolsa de valores
Fonte: www.fool.com (dados de Robert Shiller e cálculos por Morgan Housel)

Aqui você pode ver o comportamento do Índice S&P (Standard and Poor´s) desde 1982 até 2014, comparando a sua valorização sem o reinvestimento de dividendos (em vermelho) e com o reinvestimento dos dividendos (em preto).

Veja a enorme diferença entre as duas rentabilidades.

Sem o reinvestimento de dividendos, a valorização em 33 anos foi de 1.600%, enquanto que com o reinvestimento foi de mais de 3.600%.

Portanto, o reinvestimento de dividendos vai indiscutivelmente resultar em uma maior rentabilidade e maior segurança para sua carteira de ações no longo prazo.

Porém, existe uma maneira simples para você acelerar esse processo e diminuir para quase zero o seu risco com mais rapidez. Leia o próximo tópico para saber mais.

Como minimizar o risco dos seus investimentos na bolsa com mais rapidez

risco na bolsa de valores

A essa altura você já entendeu como e porquê o reinvestimento dos dividendos pode diminuir para quase zero o seu risco na bolsa de valores.

Entretanto, no início, o processo de comprar ações e reinvestir os dividendos é mais lento, arriscado e pode até resultar em prejuízos, se você não souber o que está fazendo.

Portanto, agora vou revelar pra você, quais são os 2 pontos importantes que vão diminuir o seu risco para quase zero na bolsa de valores com mais rapidez.

Primeiro ponto: O que faz o seu risco quase zerar?

O seu preço médio estar próximo de zero ou ser igual a zero.

Pois isso significa que as ações precisam cair muito para que você fique no prejuízo.

Portanto, o que vai fazer você atingir um preço médio quase zero o mais rápido possível?

Comprar as ações por um preço baixo!

Pois quanto menor for o preço de compra:

  • mais ações você consegue comprar com a mesma quantia de dinheiro.
  • mais dividendos você vai receber (pois terá mais ações).
  • menos dividendos você terá que receber e reinvestir para que seu preço médio fique próximo de zero.

Simples não?

Ao comprar ações por um preço que já é baixo (e portanto com um risco menor), a tendência é de que você alcance o seu risco quase zero mais rapidamente.

Entretanto, só isso não basta.

Lembre-se de onde vem os dividendos

Quando você compra ações, você está comprando uma parte de uma empresa, portanto, não seria exagero falar que você seria um sócio dessa empresa.

Agora eu pergunto pra você, por que você se tornaria sócio de uma empresa?

Para ganhar dinheiro, tanto com a valorização de suas ações quanto pelo recebimento de parte do seu lucro através de dividendos!

Mas e se a empresa não for lucrativa?

E se ela só tiver prejuízos, uma dívida descontrolada e não conseguir nem pagar as contas mensais?

Você acha que ela vai se valorizar no longo prazo?

Você acha que ela vai ter dinheiro para pagar dividendos pra você?

A resposta é: NÃO, nada disso vai acontecer e é bem provável que você tenha muito prejuízo.

Portanto …

Segundo Ponto: maximize suas chances de lucrar

Portanto, além de você comprar ações por um preço baixo, essas ações devem pertencer a empresas boas, lucrativas e bem administradas.

Pois além de você ter a segurança dos bons fundamentos ao seu lado, elas vão pagar dividendos mais regularmente. Mais detalhes sobre dividendos você pode conferir nesse guia completo sobre dividendos.

Quanto vale uma empresa que dá prejuízo?

Pouco ou quase nada.

Agora, quanto vale uma empresa que dá lucro e paga bons dividendos?

Muito!

Portanto, se você investe em empresas que são lucrativas e bem administradas, é impossível que o preço de suas ações chegue a zero (a não ser que ela piore drasticamente seus resultados) o que vai proporcionar para você muito mais segurança e tranquilidade.

Logo, para que você conquiste um risco praticamente zero na bolsa mais rapidamente, você só precisa focar em comprar empresas boas por um preço barato!

Feito isso, é só proceder com o reinvestimento de dividendos e aproveitar o seu tempo livre para fazer o que quiser.

Fim da história.

Com isso, você não precisa mais :

  • ficar comprando e vendendo a toda hora na esperança de pegar aquele foguete (afinal, quantos foguetes você vai precisar pegar para ficar rico?).
  • ficar procurando por empresas menores e mais arriscadas que estejam fora do radar para investir.
  • ficar se desesperando com notícias pessimistas.
  • ficar preocupado com recomendações de analistas com suas carteiras mensais.
  • ficar acompanhando o mercado financeiro todo santo dia.

Apenas foque em saber quando uma empresa é boa, compre suas ações por um preço barato e reinvista os dividendos. Simples atitudes que resolvem quase todos os seus problemas na bolsa de valores.

É tudo uma questão de tempo até que seu risco chegue próximo de zero e até mesmo abaixo disso, enquanto o seu patrimônio vai se valorizando cada vez mais, afinal, o crescimento vai ser exponencial e os fundamentos das empresas vão servir de base para a sua forte valorização.

Conclusão

Portanto, para que seu risco seja quase zero ou até mesmo negativo na bolsa, tudo que você precisa é:

  • Ser um Buy and Holder que reinveste seus dividendos.
  • Continuar esse processo por pelo menos 10 anos.
  • Comprar empresas boas por um preço baixo.

Apesar do processo ser simples, sei que não é fácil, principalmente se você for um iniciante ou alguém já com alguma experiência mas que está insatisfeito com seus resultados.

Foi por isso que gravei para você uma apresentação grátis onde eu revelo os segredos para gerar rentabilidades de 41,10% a 162,43% em 12 meses na bolsa de valores que eu tenho utilizado há mais de 10 anos com sucesso e que pessoas comuns já estão conseguindo implementar com sucesso.

É um método diferente de tudo que você já viu e que por sua simplicidade, permite que até mesmo iniciantes reconheçam e aproveitem as oportunidades mais lucrativas da bolsa.

Portanto, se você quer ter acesso direto a um método simples e que exige apenas 30 minutos de dedicação por semana, essa apresentação foi feita para você.

Espero que tenha gostado do post. Caso você tenha ficado com alguma dúvida, tem alguma crítica ou sugestão é só escrever nos comentários abaixo.

Grande abraço e até a próxima!

– Bruno Kataoka

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of