Descubra Como Qualquer Pessoa Pode Comprar Ações Baratas e Boas Na Bolsa De Valores

ações baratas1

Comprar ações baratas e boas, essa tem sido a filosofia de investimento utilizada pelo MAIOR investidor de todos os tempos: Warren Buffett.

Entretanto, mesmo que sua técnica para comprar ações baratas e boas já seja conhecida há muitos anos (Value Investing ou Investimento em Valor) poucos são os que conseguiram ter sucesso com ela.

O grande problema desse método, segundo Wagner Salaverry (um dos principais investidores em valor do Brasil e diretor de Gestão dos portfólios de Renda Variável na Quantitas) é que:

“É uma ótima estratégia, mas como quase tudo na vida, a dificuldade é transferir a teoria para a prática, ou seja, como detectar quais ações oferecem grande diferença entre sua cotação e o valor intrínseco da companhia – ou quais as ações que hoje estão baratas e que no futuro se valorizarão.”

Por esse motivo que decidi revelar o método que tenho utilizado na prática, com sucesso, para comprar ações baratas e boas na bolsa de valores e assim ter uma alta rentabilidade com segurança e apenas 1 dia de dedicação por semana.

É um método simples, único e comprovado, que desenvolvi ao longo de 10 anos como investidor em ações e que em 2016, me gerou lucros que variaram de 41,10% a 162,43% em até 12 meses.

Tudo isso investindo com segurança e apenas em empresas sólidas e tradicionais da bolsa de valores brasileira.

Em outras palavras, se você quer ter resultados como esse mas tem pouco tempo disponível para acompanhar o mercado, esse método não é a melhor, mas sim a única solução para você.

Então para que você consiga comprar ações baratas e boas, siga os 3 passos a seguir:

  1. Como avaliar uma empresa e o valor que ela produz com a Análise Fundamentalista.
  2. Como identificar se suas ações estão baratas com a Análise Técnica.
  3. Como ter paciência para lucrar alto na bolsa de valores hoje e sempre.

Interessado no assunto? Então clique em algum dos ícones acima para compartilhar no Facebook, Twitter, Google+ ou LinkedIn e ajude seus amigos a investirem para um futuro mais rico.

Complemente o seu aprendizado. Baixe grátis agora o eBook "A estratégia definitiva para vencer na bolsa de valores" e foque suas energias no que realmente funciona na prática.


Descubra agora como você pode investir em ações baratas e boas na bolsa de valores e tomar decisões inteligentes que tem gerado rentabilidades incríveis da maneira mais segura possível.

Passo 1: Como avaliar uma empresa e o valor que ela produz com a Análise Fundamentalista

ações baratas e boas

Para que uma ação esteja realmente barata na bolsa, é preciso que em primeiro lugar, ela pertença a uma empresa que tenha bons fundamentos.

Isso porque muitos investidores, principalmente iniciantes, ao verem que uma ação custa, por exemplo, R$ 1,50 podem pensar …

“Uau, essa ação está muito barata! Vou comprar!”

Sem nem mesmo saber se a empresa em questão é realmente boa.

O mesmo vale para aquelas ações que despencaram muito de preço.

Quando o investidor pode pensar …

“Ah, agora não cai mais, já caiu muito! Tá na hora de comprar!”

Uma forte queda de preços, por si só, não quer dizer que a ação está barata e que vai se recuperar.

Pois os preços podem continuar caindo muito mais sem parar. Essa é a famosa tentativa de “pegar a faca caindo”.

Em ambas situações o risco que o investidor corre de ter um prejuízo é muito grande, pois ele só analisou os preços, sem dar atenção aos fundamentos da empresa.

Uma empresa com fundamentos ruins, nunca vai estar barata na bolsa, pois a tendência é de que os preços caiam cada vez mais ao invés de subir.

Então, para saber se uma empresa realmente está barata, você deve primeiro analisar os seus fundamentos (lucratividade, dívida controlada e fluxo de caixa positivo).

Assim, você se concentra somente nas boas empresas, aumenta suas chances de lucrar e fica longe das empresas ruins, diminuindo o seu risco.

Descubra a seguir, quais os 5 fundamentos mais importantes para você analisar em uma empresa:

Não importa em qual empresa você vai investir, mas ela deve cumprir pelo menos esses 5 requisitos.

1. Lucro líquido positivo:

Uma empresa terá pouco valor se ela não for lucrativa, afinal, qual vai ser o interesse de algum investidor da bolsa de valores se tornar sócio de uma empresa que não faz dinheiro.

Portanto, invista apenas em empresas que apresentem um histórico de lucros consistentes e com boa margem de lucro também.

2. Forte geração de fluxo de caixa:

O fluxo de caixa diz o quanto de dinheiro realmente entrou no caixa da empresa no período.

Isso porque o lucro líquido considera o valor total das vendas no período, mesmo que elas tenham sido parceladas. No fluxo de caixa, você sabe a quantia exata de dinheiro que realmente entrou e saiu da empresa.

3. Administração eficiente da dívida:

É normal as empresas terem dívidas para se manterem operacionais e com crescimento acelerado.

Entretanto, essa dívida deve estar bem controlada para que a empresa não quebre.

Para isso você deve analisar o tamanho da dívida em relação ao lucro líquido da empresa e também em relação ao seu patrimônio líquido.

Assim você terá uma boa noção do tamanho relativo da dívida e se a empresa está conseguindo administrá-la com sucesso.

4. Longo Histórico de Sucesso:

Para ter mais segurança o ideal é investir em empresas com pelo menos 10 anos de histórico na bolsa de valores.

Quanto mais tempo melhor, pois isso mostra que a empresa já tem experiência e capacidade o suficiente para se manter rentável mesmo após as diversas crises pelas quais a economia já passou (e que ainda vai passar).

5. Diferencial competitivo:

Para se manter no topo uma empresa deve ter algum diferencial competitivo que seja difícil de ser superado pelos concorrentes.

Um diferencial competitivo realmente forte (ex: a marca Coca-Cola) dá muito mais fôlego e solidez para a empresa no longo prazo. Principalmente durante as crises.

Após analisar as principais características fundamentalistas de uma empresa, você seleciona as melhores, deixa as ruins de lado e faz o acompanhamento da evolução de seus preços.

Para identificar quando o momento certo de comprar ações dessas boas empresas chegou, parta para o próximo passo.

Passo 2: Como identificar se as ações estão baratas com a Análise Técnica

ações baratas e boas

Uma das características da bolsa de valores é a alta oscilação de preços. E a grande responsável por isso, sempre vai ser a lei da oferta e da procura.

E ela é bem simples …

Quando a procura aumenta os preços sobem, quando a procura cai, os preços caem. E isso vale para qualquer tipo de mercado.

No caso da Bolsa de Valores, muitos são os fatores que provocam mudanças na procura de uma ação, mas a principal razão pela qual ocorrem os exageros na oscilação de preços é a emoção exagerada dos investidores.

Como o futuro é imprevisível e ninguém sabe ao certo o que pode acontecer, qualquer mudança ou evento econômico mais relevante, pode mudar as opiniões dos investidores de uma hora para outra de maneira intensa.

Isso provoca um sentimento de euforia (se o evento for positivo) e pânico (se o evento for negativo).

Como é muito fácil comprar ou vender uma ação na bolsa, essa mistura de emoções acaba causando os exageros nas oscilações de preços:

  • A euforia faz com que as pessoas paguem preços cada vez mais altos por uma ação, pois acham que “agora vai”.
  • E o pânico faz com que as pessoas vendam a qualquer preço, mesmo que no prejuízo, para se verem livres de algo ruim e evitar perder mais dinheiro ainda.

Portanto, graças ao sentimento de pânico, é comum que durante as crises você veja empresas boas com o preço de suas ações muito abaixo do que seria o justo.

Por isso que são nas crises que as melhores oportunidades de comprar ações baratas e boas aparecem.

Agora, veja uma maneira simples de identificar essas oportunidades:

Observe os 3 gráficos de longo prazo a seguir…

comprar ações baratas e boas
AMBEV – ABEV3
comprar ações baratas e boas
ITAUUNIBANCO – ITUB4
comprar ações baratas e boas
LOJAS AMERICANAS – LAME4

Essa linha que tracei em cada um dos gráficos mostra como seria a evolução dos preços se não houvesse tanta oscilação. Simplesmente conectei através de uma linha reta o preço atual ao preço de 2005.

De quebra, ela ainda divide o gráfico em duas metades, onde:

  • a metade inferior indica preços mais baixos e portanto bons pontos de compra.
  • a metade superior indica preços muito altos e portanto preços ruins para compra.

Agora, imagine se fosse mais simples de analisar os fundamentos de uma empresa e a liquidez não fosse tão alta. O gráfico ia parecer com o gráfico abaixo, que retrata a evolução de preços do metro quadrado de um imóvel em SP:

ações baratas e boas
Fonte: Zap Imóveis

Veja que os preços praticamente não oscilam e mantém sua trajetória em ascensão.

Um gráfico muito mais calmo, que dá mais tranquilidade para quem já está com o imóvel comprado, mas que dá poucas chances de uma boa entrada para quem está de fora.

Essa é uma das grandes vantagens de se investir na bolsa de valores: aproveitar-se das quedas de preços de boas empresas e comprar suas ações por um preço exageradamente barato.

Veja as flutuações do mercado de ações como suas aliadas, não como suas inimigas, lucre com a insensatez em vez de participar dela.

- Warren Buffet

Para conseguir identificar quando isso acontece, trace uma mediana (assim como nos gráficos) para dividir o gráfico em duas metades.

Feito isso, realize suas compras somente quando os preços estiverem na metade inferior, pois as chances são de que os preços caiam até um certo patamar e depois voltem em direção à mediana até mesmo ultrapassando-a.

Apenas com poucos minutos de análise, você é capaz de enxergar se os preços estão mais baratos ou mais caros, o que dá mais clareza às suas decisões de investimento.

Mas é possível otimizar mais ainda os sinais de compra.

Utilize outros indicadores para saber com mais precisão quando os fundos principais estão perto de se formarem e realize uma compra em um preço mais baixo ainda.

Isso é algo que ensino no Curso  Vencer na Bolsa de Valores, onde revelo um indicador exclusivo que criei: a Zona de Reversão.

Um indicador, que por ser simples de usar, tem ajudado dezenas de investidores iniciantes, a terem muito mais confiança para investir na bolsa de valores e assim conquistarem altas rentabilidades com mais segurança e com apenas poucos minutos de análise.

Se você quiser saber mais detalhes sobre esse método, veja esse estudo de caso, onde demonstro como conquistei uma rentabilidade de +125,09% em 8 meses e 17 dias, utilizando a Zona de Reversão junto com uma análise objetiva de fundamentos.

Se você conseguir combinar a análise fundamentalista com uma análise gráfica eficiente você conseguirá:

  • ter mais clareza para identificar quando uma ação boa está barata.
  • gastar poucos minutos em suas análises.
  • aumentar ao máximo suas chances de lucro e minimizar suas chances de prejuízo.

Muitos investidores adeptos da análise fundamentalista gostam de analisar se os preços estão baratos através dos múltiplos descontados ou do Valuation.

Entretanto, são métodos trabalhosos e complicados, assim como apontado por Valter Bianchi em entrevista:

“Tem que se falar a verdade. Investir nos preceitos fundamentalistas de valor, é algo que dá muito trabalho e requer muito reconhecimento … É muito simplista as pessoas ouvirem dizer que é bom comprar ações de baixo índice preço/lucro e comprá-las. O mercado é muito mais complexo que isso …”

Quando você analisa fundamentos junto com gráficos, essa complexidade diminui e sua análise se torna muito mais simples e clara.

Uma opinião que eu divido com investidores mais experientes como André Rocha, do Valor Econômico.

E após comprar ações boas e baratas, existe mais um último passo que você deve dar se quiser maximizar sua lucratividade e minimizar o seu risco, no longo prazo.

Veja no próximo passo como isso é simples.

Passo 3: Como ter paciência para lucrar na bolsa de valores hoje e sempre 

ações baratas
“A bolsa de valores é um dispositivo que transfere o dinheiro do impaciente para o paciente”.

Somente conseguir fazer uma compra de uma boa empresa por um preço baixo, não é sinônimo de lucro.

Você também deve ter a paciência de esperar que os preços voltem a subir para que suas ações se valorizem novamente após a queda.

E isso não acontece do dia para a noite.

Olhando o passado do gráfico, parece ser muito simples ter comprado somente quando os preços estavam próximos aos seus fundos e ter segurado as ações.

Entretanto esses fundos se formam sempre durante as piores crises econômicas.

E elas SEMPRE vêm acompanhadas das …

  • piores notícias
  • piores previsões de mercado
  • piores rentabilidades da bolsa de valores

O que cria o pior clima possível: quem tem ações quer vender a qualquer preço para não perder tudo e ninguém mais quer comprar com medo de perder o que tem.

Como a procura cai, os preços acabam despencando numa velocidade cada vez mais rápida, o que alimenta mais ainda o pessimismo generalizado e potencializa a tendência de baixa.

Esse é o ambiente que você vai encontrar nos momentos onde os gráficos e os fundamentos vão indicar que existem ações baratas e boas para serem compradas.

E mesmo que você consiga comprar suas ações, o desafio ainda continua, pois agora é o seu dinheiro que está ali, subindo e descendo junto com as incertezas e previsões pessimistas do mercado.

Para que você não desista cedo demais, você deve tomar medidas que deixem seu investimento mais seguro.

E uma das maneiras mais simples e eficientes de diminuir o seu risco é a diversificação.

  • Tanto das empresas em sua carteira: investir em pelo menos 10 empresas diferentes.
  • Quanto dos seus investimentos: investir no máximo 50% do seu dinheiro em renda variável, o restante deve estar em renda fixa, que é um investimento mais seguro e previsível.

Assim você fica mais tranquilo ao saber que se tudo der errado (algo muito difícil de acontecer se você souber selecionar boas empresas) você não perderá todo seu dinheiro.

O que vai dar à você muito mais controle emocional e vai evitar que você venda suas ações cedo demais por medo de perder dinheiro.

Para saber mais sobre como diminuir o seu risco com eficiência, você pode ler esse post.

Resumindo os 3 passos que você aprendeu:

  1. Avaliar uma empresa e o valor que ela produz através de seus fundamentos.
  2. Identificar se suas ações estão baratas através de uma análise gráfica simples e focada no que dá certo.
  3. Ter a paciência necessária para lucrar na bolsa de valores hoje e sempre aumentando sua segurança.

Comprar ações baratas de boas empresas com certeza é um dos caminhos mais seguros para você ganhar dinheiro na bolsa de valores e nesse artigo você viu como isso é possível através de uma boa análise fundamentalista e gráfica.

Mas só isso não é o suficiente, você deve saber o que fazer APÓS conseguir comprar ações baratas e boas para que seu lucro aumente cada vez mais e seu risco seja cada vez menor.

Se você está interessado(a) em um passo a passo mais avançado, focado nos resultados e que vá direto ao ponto, assista à essa apresentação grátis agora, pois não sei por quanto tempo ela ficará no ar.

Lá eu revelo as verdades que ninguém conta, para você ter sucesso na bolsa de valores.

Trata-se de uma apresentação onde eu mostro o passo a passo que tenho utilizado para conquistar rentabilidades de até 13,53% ao mês sem ter que ficar me preocupando com oscilações de curto prazo e acontecimentos políticos ou econômicos.

Espero que tenha gostado do conteúdo.

Caso tenha ficado alguma dúvida é só me perguntar aqui nos comentários que ficarei muito feliz em poder ajudar.

 

Grande abraço!

– Bruno Kataoka

 

  • Pingback: ()

  • Gustavo F

    Excelente artigo complementa, e muito o conhecimento dos iniciantes como Eu mesmo, Obrigado.

    • Bruno Kataoka

      Legal Gustavo!

      Fico feliz em poder ajudar você de alguma maneira! Qualquer dúvida ou sugestão é só mandar, blz?

      Abraços!

  • Flavio Roncat

    Muito bom post. Valeu!

    • Bruno Kataoka

      Olá Flavio!

      Fico feliz que essas informações estejam conseguindo ajudar você a investir melhor na bolsa de valores.

      Obrigado pelo reconhecimento!

      Abraços

  • Danielle Rodrigues

    Parabéns! Simples e direto. Obrigada ^_~

    • Bruno Kataoka

      Obrigado Danielle!

      Qualquer dúvida é só mandar…

  • Lucia Helena

    Estou querendo começar na bolsa e suas informações estão sendo de muita valia. Obrigada por compartilhar, toda ajuda nessa área é bem vinda

    • Bruno Kataoka

      Olá Lucia!

      Fico feliz que você esteja aproveitando o conteúdo. Lá no menu do topo você pode clicar no “Comece por aqui” para acessar um conteúdo para iniciantes.

      Abraços

  • Mario Motta

    Bom Dia Bruno, Tudo bom ?
    Eu desejo começar investindo 1000 reais para pegar experiência no ramo bolsas de valores, você acha que essa é uma boa opção ? e ao decorrer dos próximos 5 anos possivelmente adquirir uma rentabilidade razoável ?

    • Bruno Kataoka

      Olá Mário,
      Eu acho que começar com R$ 1 mil é bom sim, assim você arrisca pouco enquanto vai pegando o jeito da bolsa.

      Agora, é preciso que você poupe e invista mais dinheiro para que você conquiste uma grande fortuna na bolsa Ok?

      Abraços

      • Mario Motta

        Boa tarde Bruno,
        Comecei a ver diversos vídeos e muitas pessoas aconselham as pessoas com conhecimento básico ou intermediário a investirem nos fundos de multimercados que é uma renda variável no qual é gerenciado por especialista e ao decorrer do tempo você pode ganhar uma rentabilidade melhor que a da renda fixa,portanto entende que devo seguir esse caminho ? entendo que eu tenho um conhecimento próximo do intermediário já entendo boas coisas referente a tesouro nacional, CDB, LCI,LCA, uma coisa que tenho duvida referente a compra de ações, eu compro essa pequena ”fatia” das pessoas que estam disposta a vender ou compro ela normalmente similar a compra de títulos públicos ?

        • Bruno Kataoka

          Olá Mário,

          eu, sinceramente, não investiria em fundos pois existem muitos custos e também porque a MAIORIA dos fundos de ações rendem menos do que o Ibovespa … os multimercados rendem menos ainda.

          Já recomendei que iniciantes investissem em fundos de ação só pra ver se conseguiam aguentar o sobe e desce dos preços, mas hoje, acho que é melhor começar já pelo homebroker, mas com pouco dinheiro.

          Pois assim acredito que você vai conseguir sentir melhor como é a dinâmica do mercado e já ir acostumando o seu emocional.

          Em relação à sua segunda dúvida … na bolsa de valores você compra ações de outros investidores que querem vendê-las, é bem diferente da compra de títulos públicos.

          Títulos públicos você está na verdade emprestando o seu dinheiro para a União, que em troca vai pagar juros pra você por isso.

          Na bolsa de valores, você está adquirindo uma parte de uma grande empresa … em troca você vai ganhar com a valorização das ações e com os dividendos que vai receber.

          Mas isso, se você investir em uma empresa boa. Se conseguir pagar um preço barato por essas ações, melhor ainda.