Aluguel de Ações: Garantia de Retorno com Baixo Risco

aluguel de ações

Quer aprender uma maneira simples e segura de rentabilizar a sua carteira de ações?

Então descubra agora como o aluguel de ações pode garantir um retorno com baixo risco de uma maneira tranquila.

Continue lendo para descobrir:

  1. Como funciona o aluguel de ações;
  2. Quais as taxas do aluguel de ações;
  3. Quais os tipos de contrato de aluguel de ações;
  4. Quais as vantagens e desvantagens do aluguel de ações;

O mais interessante é que depois de estudar tudo sobre o aluguel de ações cheguei a uma conclusão que só me ajudou a confirmar a boa relação entre “as regras da Bolsa de Valores” e o investidor Buy and Holder.

Para tirar o máximo de proveito do aluguel de suas ações, é necessário que você saiba como montar uma carteira de ações lucrativa. Baixe agora GRÁTIS o eBook "A Estratégia Definitiva Para Vencer na Bolsa de Valores" para descobrir como você pode conseguir isso.


Leia tudo até o fim para entender qual é essa relação e ver se você tabém está do lado das “regras da Bolsa de Valores”.

Como funciona o aluguel de ações

O aluguel que ações funciona como um aluguel de um imóvel.

Duas partes estarão envolvidas, o doador e o tomador das ações.

No nosso caso, como somos buy and holders, seremos os doadores, pois já que vamos segurar as ações para o longo prazo, não há problema algum em deixar nossas ações à disposição para quem quiser alugar.

Desde que feita de maneira responsável, como vou mostrar mais pra frente, é uma maneira simples e fácil de embolsar um rendimento extra.

As semelhanças com o aluguel de imóveis param por aqui, pois o motivo para alguém querer alugar ações de você, na maioria das vezes, vai se resumir a isso: vendê-las, para depois comprá-las mais baratas e devolvê-las à você.

Que tipo de investidor faria isso? Os traders!

Eles tentam sempre ganhar com a oscilação de preços na Bolsa de Valores, o mais comum é que eles tentem lucrar nos mercados em alta ao comprar barato para vender mais caro.

Mas existe a possibilidade de se lucrar nas baixas de mercado usando justamente o aluguel de ações. Vou dar um exemplo para ficar mais claro:

O trader faz sua análise e acha que o mercado tem grandes chances de cair. Para tentar ganhar com a baixa, ele decide que vai fazer o aluguel de ações e vende-las por um preço hoje e recomprar mais barato depois.

Então ele vai alugar a ação do doador (investidor de longo prazo) e logo em seguida vende-la no mercado pelo preço atual, digamos R$ 10,00.

Supondo que ele tenha vendido 1.000 ações a R$ 10,00, então ele recebeu pela venda R$ 10.000,00 no ato.

Depois de um tempo o mercado cai e o preço da ação se encontra em R$ 6,00, uma queda de 40%.

O trader acha que já está de bom tamanho e recompra as mesmas 1.000 ações por R$ 6,00, gastando R$ 6.000,00.

O que sobra dessa operação, no caso R$ 4.000,00, é justamente o lucro que o trader vai ter, isso sem contar as taxas que terá que pagar, inclusive ao tomador.

Praticamente todas as taxas envolvidas nesse tipo de operação serão pagas pelo tomador ao doador, à corretora e à CBLC (Casa Brasileira de Liquidação e Custódia). No tópico seguinte dou mais detalhes sobre isso.

Taxas do Aluguel de ações

Como eu disse antes, a maioria das taxas são pagas pelo tomador, mas as duas contrapartes devem pagar algum tipo de taxa nesse tipo de operação, a serem conhecidas a seguir:

Doador

  • algumas corretoras cobram uma taxa do doador, que pode ser taxa fixa ou em porcentagem, enquanto que em outras não existe essa cobrança (exemplo: RICO);
  • IR sobre o valor do aluguel, a alíquota do IR é a mesma utilizada para a renda fixa, que varia conforme a tabela abaixo:

Importante falar que a taxa de aluguel estipulada pelo doador é definida pelo mercado, aqui também vale a lei da oferta e procura. Não adianta você como doador estipular a taxa que vier à cabeça, senão você corre o risco de nunca conseguir alugar suas ações ou até mesmo alugar por uma taxa muito baixa.

Para que você saiba qual a taxa que está sendo praticada para as ações que você quer alugar, sempre acesse este link para ter um parâmetro de quanto cobrar do tomador.

Tomador

  • taxa de aluguel estipulada pelo doador, que sempre será referente à um ano de aluguel e será cobrada pró-rata;
  • taxa de comissão para a corretora, que varia de acordo com a taxa de aluguel pedida pelo doador. A taxa que aparece no homebroker já inclui essa comissão;
  • custo da operação pode variar de corretora para corretora, no caso da corretora que utilizo o custo é fixo de 0,25% do volume da operação mais taxas da CBLC;

Além de todos esses custos, é necessário que o tomador tenha uma quantia em dinheiro ou em ativos (Tesouro Direto, Ações etc) que correspondam ao valor da quantidade de ações que vai alugar MAIS uma margem que varia de ação para ação e é calculada automaticamente ao se preencher os detalhes da transação no homebroker.

Tipos de contrato do aluguel de ações

O contrato do aluguel de ações deve ter alguns requisitos a serem definidos antes de ser ofertado, que são:

  • Ativo a ser alugado
  • Quantidade a ser ofertada
  • Vencimento
  • Taxa ao ano
  • Renovável
  • Liquidação

Creio que em relação aos campos ativo, quantidade, data de vencimento, taxa a ser cobrada e possiblidade de renovação não existe dúvida, mas caso tenha alguma é só postar na área de comentários.

Quero falar um pouco sobre a liquidação, que determina justamente qual das duas partes pode cancelar o contrato antes da data de vencimento sem sofrer qualquer tipo de consequência.

Existem 3 tipos de liquidação para o aluguel de ações:

Reversível somente ao TOMADOR

Quer dizer que o tomador pode devolver as ações ao doador a hora que quiser, respeitando o prazo de vencimento do contrato, logicamente.

Dessa maneira o tomador paga somente pelo tempo que alugou as ações, assim ele tem mais tranquilidade para encerrar suas operações a hora que bem entender, desde que respeite o prazo de vencimento.

Essa opção é um diferencial à favor do tomador, pois imagine se ele estiver no meio de uma operação no prejuízo e o doador pede suas ações de volta? Ele terá até 4 dias para recomprar as ações devolver ao doador, o que pode resultar em um grande prejuízo.

Já para o doador, esse tipo de opção é ruim por um lado, pois tira seu controle sobre o contrato, mas pode ser bom por outro, pois pode facilitar o aluguel de suas ações.

Reversível ao TOMADOR e ao DOADOR

Aqui, tanto o tomador quanto o doador podem encerrar o contrato antes da data de vencimento, tendo o tomador 4 dias para encerrar suas operações e devolver as ações para o doador.

Nesse caso, o doador terá mais controle sobre o contrato, já que poderá pedir suas ações de volta caso queira vendê-las ou fazer qualquer outra coisa com elas.

Imagine se as ações de alguma empresa que você é sócio apresenta algum tipo de problema e você decide que é hora de vendê-las? Se você não tiver permissão para cancelar o contrato antes da data de vencimento você pode acabar com um belo abacaxi nas mãos.

Em compensação, suas ações podem demorar mais para serem alugadas ou até mesmo nem serem alugadas, pois é natural que o tomador prefira alugar ações e ter pleno controle sobre quando poderá encerrar a operação.

Vencimento FIXO

Tanto o doador quanto o tomador permanecem com o contrato vingente até uma data pré-fixada, não podendo o contrato ser encerrado antes desse período.

Vantagens e Desvantagens do Aluguel de Ações

Conheça agora o que você ganha e o que você deve aceitar abrir mão para alugar suas ações.

Vantagens para o Doador

  • o preço sobre o qual a taxa será calculada já é definido no início do contrato, assim o doador já sabe o quanto vai ganhar, não importa se o preço vier a cair;
  • continua a receber os juros sobre capital próprio, dividendos, bonificações e subscrições normalmente;
  • recebe uma renda extra que no longo prazo pode ser bem interessante;
  • a despesa é praticamente nula, pois só incide o IR;

Desvantagens para o Doador

  • caso o contrato seja reversível apenas ao tomador, o doador não poderá se desfazer de suas ações antes do prazo de vencimento;
  • não poderá fazer a venda coberta de opções enquanto suas ações estiverem alugadas;

Vantagens para o Tomador

  • poderá utilizar as ações alugadas do jeito que quiser em suas operações;

Desvantagens para o Tomador

  • o custo para esse tipo de operação é maior que para uma operação normal de compra e venda;
  • o lucro da operação deve ser grande o suficiente para cobrir tanto os custos quanto o risco desse tipo de operação;
  • o risco é muito maior, já que o preço de uma ação pode subir infinitamente;
  • caso o contrato seja reversível ao doador, o tomador corre o risco de ter que encerrar precocemente suas operações no prejuízo;
  • talvez não encontre a quantidade necessária de ações para realizar suas operações;
  • necessidade de margem o suficiente para realizar a operação, que pode chegar até a 100% da quantidade desejada (exemplo: small caps)

Veja que para o tomador a responsabilidade é enorme, ele deve realmente saber o que está fazendo para que o lucro compense todos os custos e o risco que correrá. Em tempos onde é possível conseguir lucrar mais de 15% garantidos ao ano essa habilidade deve estar mais afiada ainda.

Já para o doador os riscos são praticamente zero, já que a CBLC garante que o doador receberá suas ações de volta na data de vencimento do contrato. Entretanto, o ganho é limitado e bem menor.

O pior que pode acontecer ao doador é o caso de fechar um contrato reversível apenas ao tomador e a empresa da qual é sócio quebre. Cabe ao doador analisar se a taxa pedida compensa esse risco.

Veja que o ganho do doador é garantido e tem um custo menor que o do tomador, o que se traduz em mais tranquilidade e mais chances de ganho no longo prazo em relação ao tomador.

Um exemplo do aluguel de ações

Veja as ofertas para o aluguel de ITUB4 na data de 27/09/15:

aluguel de ações 2

Tomando por base a oferta destacada no retângulo em vermelho e desconsiderando o prazo de vencimento apenas para exemplificar, é possível simular o quanto o doador ganharia caso todas as 800 ações fossem alugadas pelo período de 1 ano. Mas antes, vamos ver como estão as taxas de aluguel de ações para ITUB4.

aluguel de ações 1

Veja, como destacado em vermelho, que uma taxa de 0,70% aa é razoável, já que alguém conseguiu alugar suas ITUB4 por até 1,50% aa no dia 25/09/2015, segundo dados do site da BMFBovespa.

Valor total do lote: R$ 25,93 x 800 = R$ 20.744,00

Taxa de Aluguel: 0,70% desconsiderando a comissão da corretora

Valor ganho por ação: R$ 20.744,00 x 0,70% = R$ 145,20 ou R$ 0,181 por ação


Se você juntar isso aos dividendos, JSCP e bonificações que o Itau Unibanco costuma pagar aos seus acionistas anualmente, verá que no longo prazo esse extra conseguido com os aluguéis pode fazer uma boa diferença.

No mínimo, vai ser melhor do que nada, concorda?

Definitivamente, o aluguel de ações vai beneficiar mais o investidor com visão de longo prazo do que o investidor com visão de curto prazo.

Caso você esteja interessado em um conteúdo mais avançado e que pode transformar a sua rentabilidade e até mesmo diminuir o seu risco, veja essa apresentação gratuita agora.

Trata-se do vídeo de apresentação do treinamento que ofereço aos leitores do blog e que já têm transformado investidores iniciantes em investidores altamente lucrativos.

Se você quer essa transformação pra você, assista a essa apresentação grátis agora enquanto está disponível.

Você também pode mandar sugestões, escrever suas dúvidas e opiniões aqui no espaço dedicado aos comentários ou até mesmo por email.

Um abraço.

– Bruno Kataoka

10
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
8 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Bruno Kataokaaldosilva6Ronaldo Ozéas dos Reis Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ronaldo Ozéas dos Reis
Visitante

Muito esclarecedor!! Creio que, com base nesta informações vou tentar este investimento, aliado ao Tesouro direto, que entendi o funcionamento por este artigo http://granagrana.com/entenda-o-tesouro-direto/
Obrigado.

Bruno Kataoka
Visitante
Bruno Kataoka

Legal Ronaldo, precisando de ajuda estarei por aqui!

Abraços

aldosilva6
Visitante
aldosilva6

A corretora já desconta o IR quando o valor do aluguel é recebido ou tenho que me atentar a isso e descontar na hora de fazer a declaração?

Bruno Kataoka
Visitante
Bruno Kataoka

Olá Aldo!

A corretora já repassa com todos os custos, inclusive IR, descontados pra você, não há necessidade de se preocupar.

Abraços

aldosilva6
Visitante
aldosilva6

Valeu, obrigado, já coloquei para alugar minhas ações da Marcopolo. Você possui em carteira ações de quais empresas? Tem alguma que aluga constantemente?

Bruno Kataoka
Visitante
Bruno Kataoka

Fala Aldo, tudo bem? Eu não estava conseguindo alugar constantemente não, apesar de deixar direto minhas ofertas, principalmente as CMIG3, que a minha corretora até tinha me enviado um email me “intimando” a alugar as minhas pois havia muita procura … rs. Daí conversei com um amigo meu que diz sempre conseguir alugar as deles e ele me deu a dica de deixar na mão da corretora para ela mesma estabelecer as taxas. Ainda não fiz isso pois esqueci, mas é algo para se fazer o quanto antes! Na minha carteira só tem as mais tradicionais mesmo, como: ITUB4, BBDC4,… Read more »

aldosilva6
Visitante
aldosilva6

Legal, a minha foi intimato da corretora também kkkkkk. Somos sócios em 3 empresas(ABEV3, PSSA3 e BBDC4).

Abraços!!!!

Bruno Kataoka
Visitante
Bruno Kataoka

hahahaha … é a caça aos buy and holders!

Gosto muito dessas 3 empresas, acredito que nosso dinheiro está bem investido nelas!

Abraços!

aldosilva6
Visitante
aldosilva6

Fiz uma mudança essa semana, saí de BBDC4 e fui para ITUB4, já tinha lucrado bastante. Resultado ruim e dono sendo investigado, tô fora. Já que preciso ter um banco, vou de ITUB4. Uma outra que esta me chamando a atenção é BVMF3, se juntou com a CETIP, tem dinheiro em caixa, esta comprando fatia em tudo quanto é bolsa, acho que é uma boa ação.

Bruno Kataoka
Visitante
Bruno Kataoka

“Já que preciso ter um banco …” kkkk … também acho que é praticamente uma obrigação ter algum dos grandes bancos em carteira! Eu uso outros critérios para entrar ou sair de uma empresa e continuo em BBDC4 apesar de tudo, mas você tem razão, a situação não é das melhores! BVMF3 eu sempre achei uma boa empresa. Ela é a única em seu mercado aqui no Brasil, vem juntando uma grana em caixa desde faz tempo e agora que se juntou com a CTIP então, ficou mais forte ainda. Fora essas expansões no exterior que você citou. Cheguei a… Read more »