Diminua Seu Risco na Bolsa Com 4 Dicas Valiosas de Investidores de Sucesso

diminuir risco na bolsa de valores

Para diminuir o seu risco na bolsa de valores você deve entender um importante conceito que aprendi com Warren Buffet: o risco vem de fazer algo que você não entende.

Até mesmo andar de carro pode ser perigoso se você não souber dirigir, entretanto, isso é algo que você consegue aprender e entender o que você deve fazer para diminuir o seu risco de acidentes.

Na bolsa de valores é a mesma coisa.

Se você não souber como investir, você tem grandes chances de se dar mal, agora se você souber o que deve ser feito você consegue diminuir suas chances de prejuízo e aumentar suas chances de lucro.

Portanto, para ajudar você a diminuir o seu risco na bolsa de valores, compartilho essas 4 dicas poderosas de investidores de sucesso (uma delas é bem controversa):

  1. Escolher apenas boas empresas para investir (Warren Buffett).
  2. Manter seu preço médio baixo (Benjamin Graham).
  3. Diversifique sua carteira de ações (Warren Buffett – será que aqui ele faz o que diz?).
  4. Diversificar em diferentes tipos de investimentos (George Soros)

Ficou interessado? Compartilhe com seus amigos no Facebook, Twitter, Google+ ou LinkedIn e ajude mais pessoas a investirem com baixo risco agora clicando em algum dos ícones acima.

Você pode se tornar um investidor altamente lucrativo mesmo que seja um iniciante. Baixe GRÁTIS agora o eBook "A Estratégia Definitiva Para Vencer na Bolsa de Valores" e descubra os segredos que pessoas comuns estão utilizando para conquistar uma alta rentabilidade com baixo risco.


Aplico essas mesmas 4 dicas com sucesso há 10 anos na bolsa de valores, o que me permite ter um alto retorno com mais tranquilidade. Mesmo em épocas de crise.

Portanto, acredito que você possa se beneficiar tanto quanto eu, portanto, leia o post até o fim.

1. Escolher apenas boas empresas para investir

diminuir seu risco na bolsa de valores
Só eu fiquei com vontade de uma cafezinho ao olhar essa foto ? (Fonte: Mapline.com)

Quando for investir em ações, prefira o caminho mais fácil e com poucas chances de dar errado. Escolha somente boas empresas para fazer parte da sua carteira.

Eu não tento pular barras de 2 metros. Procuro barras de 30 centímetros pelas quais posso pisar por cima. 

Warren Buffett

Muitos investidores preferem empresas menores pois teoricamente elas possuem um potencial de crescimento maior, o que pode se traduzir em altos lucros no futuro. Entretanto, esse potencial de lucro vem junto com um maior risco embutido também.

Para ter mais segurança, prefira as empresas mais sólidas, com melhores fundamentos, pois elas têm menos chances de quebrar e também tem um bom potencial de lucro, que pode ser melhorado mais ainda com as dicas que darei a seguir.

Assim você não vai precisar ficar correndo um risco maior para ter uma lucratividade maior, é possível ter um bom lucro com mais segurança.

As características que você deve buscar em boas empresas são:

  • fluxo de caixa positivo.
  • lucro líquido crescente ou constante.
  • dívida controlada.
  • deve ser líder ou uma das líderes em seu setor.
  • ter um bom diferencial competitivo.

Todo esse conjunto de características faz parte dos fundamentos de uma boa empresa, são elas que vão ser os responsáveis por aumentar o preço de uma ação no longo prazo e manter o bom pagamento de dividendos.

Uma escolha fácil e mais segura caso você seja um iniciante são as bluechips, que são as maiores e mais valiosas empresas da bolsa e geralmente possuem todas aquelas características que citei antes.

Depois que você tiver uma boa parte da sua carteira formada por elas e alguma experiência, você pode até pensar em adicionar algumas empresas menores (mid caps) que também tenham bons fundamentos e bom potencial de crescimento mas que possuem um risco maior embutido.

2. Manter seu preço médio baixo para diminuir o risco

diminuir seu risco na bolsa de valores
Preço médio baixo + bons fundamentos = baixo risco + alta lucratividade

Uma maneira muito eficiente para diminuir o seu risco e aumentar sua margem de lucro é se esforçar para manter o seu preço médio de compra baixo.

Não existe esse negócio de investimento sólido independentemente do preço pago.

Benjamin Graham

Quando eu digo que você vai precisar se esforçar, eu quero dizer que você vai ter que focar suas ações em saber como identificar que uma boa empresa está com os preços de suas ações muito barato, comprar essas ações quando esse momento aparecer e ter a paciência e controle emocional para esperar o tempo que for necessário para que elas se valorizem e você tenha lucro.

Se você tiver ações de uma boa empresa a um preço médio baixo, o risco de você ficar no prejuízo caso os preços caiam, é muito pequeno. Se a empresa é realmente boa, a tendência é de que os preços subam no longo prazo e se distanciem cada vez mais do seu preço médio de compra, o que vai dar uma lucratividade cada vez maior para você com o passar do tempo.

Como resultado de ter um preço médio de compra baixo, você terá mais tranquilidade para aguentar os solavancos no mercado, como o que temos observado nos últimos dias com as expectativas do impeachment da presidente Dilma Roussef.

Veja por exemplo esse gráfico recente de o Bradesco abaixo (BBDC4)

diminuir risco bolsa de valores
Lucro de aproximadamente 59,75% em plena crise.

Imagine se você tivesse comprado as ações de BBDC4 no momento que esses dois indicadores gráficos praticamente “gritaram” que existia uma boa oportunidade de compra (quadrados vermelhos). Seu preço médio de compra seria em torno de R$ 16,00 e R$ 17,00.

Nessa época (final de janeiro e início de fevereiro) existia muita dúvida quanto à votação do impeachment da presidente Dilma, entretanto, por algum motivo, os preços dispararam em questão de semanas, o que fez com que suas ações subissem acima dos R$ 24,00 e depois disso, com o desenrolar de todos acontecimentos, ficassem oscilando dentro de um intervalo de preços entre R$ 25,00 e R$ 26,00, fechando a R$ 26,36 em 13/05/16.

Mesmo depois do impeachment, as dúvidas continuaram, como sempre, mas o que importa é que graças  ao seu preço médio baixo entre R$ 16,00 e R$ 17,00 , você ainda tem uma boa margem de lucro (59,75%) o que dá mais tranquilidade para você dentro desse cenário de alta volatilidade e incertezas e deixa você bem posicionado mesmo que os preços caiam mais.

Isso sem contar os dividendos, bonificações e desdobramentos que poderiam ter ocorrido durante esse período de aproximadamente 4 meses e ter diminuído mais ainda o seu preço médio de compra.

Para que você fique no prejuízo, os preços deveriam cair para baixo de R$ 16,00 ou R$ 17,00, o que convenhamos, ainda está longe de acontecer. Pode acontecer, mas as chances são bem menores do que se você tivesse comprado por um preço maior.

Portanto, tudo que você precisa fazer é escolher boas empresas para investir e explorar as oscilações do mercado para comprar essas empresas a um preço baixo. Agindo dessa maneira, seu risco de perder dinheiro diminui drasticamente e as chances de lucro aumentam muito mais.

E nesse vídeo que eu preparei com todo cuidado, você pode ver como eu tive mais clareza para me posicionar próximo ao fundo de preços de diversas empresas e conseguir lucros de até mais que 100% em apenas 8 meses.

Agora se você fosse seguir a maioria você poderia acabar comprando uma empresa com fundamentos ruins (ex: OGX ou Petrobrás) só porque os preços caíram e até hoje não veria a cor do dinheiro porque os preços não reverteram como em BBDC4 (uma empresa com bons fundamentos) muito pelo contrário, só estaria tendo prejuízo.

FIQUE ATUALIZADO!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

3. Diversifique sua carteira de ações

diminuir seu risco na bolsa de valores
Primeiro café … agora várias tortas em uma? Acho que preciso comer alguma coisa. (Fonte: time.com)

Mesmo que você consiga enxergar que todos os fundamentos estão ok, que as chances da empresa crescer são muitas e que você tenha pago um preço baixo, tudo pode acontecer.

A diversificação é uma proteção contra a ignorância. Faz pouquíssimo sentido para quem sabe o que está fazendo - diz o investidor que possui mais de 45 empresas diferentes em sua carteira.

Warren Buffett

Isso porque existem muitas coisas que podem dar errado dentro de uma empresa, mas a mais grave delas é justamente a contabilidade criativa, que esconde enormes prejuízos e quando se torna insustentável, estoura como uma bomba no colo dos pequenos investidores.

Assim como o que aconteceu recentemente com a Petrobras, o que prejudicou milhares de investidores tanto aqui do Brasil quanto no restante do mundo.

Mesmo com as auditorias profissionais que conferem se os números que uma empresa da bolsa de valores divulga a cada 3 meses estão corretos, existe a possibilidade desses números estarem manipulados para esconder algum rombo no caixa.

E nós, como pequenos investidores, que estamos bem longe do dia a dia da empresa e das pessoas que as comandam, seremos sempre os últimos a saber e corremos o risco de tomar um grande prejuízo.

Por isso é tão importante não colocar todo nosso dinheiro em poucas empresas, pois sempre correremos o risco de ser vítimas de manipulações como essa.

O número que considero o mínimo necessário são de 10 empresas, mas também não sou fã de diversificar entre 30 empresas ou mais, acho que isso já é muita coisa para ser acompanhada.

E 10 empresas deve ser o mínimo, pois caso 1 empresa que você invista quebre (pior das hipóteses) você perderá no máximo 10% do seu patrimônio investido em ações. Mas é válido lembrar que se você investir somente em empresas com bons fundamentos, as chances de alguma quebrar são mínimas.

Entretanto, essa é uma decisão pessoal, se você é como eu e acha que entre 10 e 15 empresas está ok então faça isso, agora se você se sente mais confortável em diversificar entre 30 empresas ou mais, como Peter Lynch gosta de fazer, então faça isso.

O mais importante é que você diversifique em pelo menos entre 10 empresas.

4. Diversificar em diferentes tipos de investimento

diminuir seu risco na bolsa de valores
Mais uma foto de comida … sim, estou com fome! (fonte: Bettement.com)

Além de diversificar em diferentes empresas, é necessário e altamente recomendável que você diversifique em diferentes tipos de investimento. É aquele papo de nunca colocar todos os ovos na mesma cesta.

Não há nada de errado em correr riscos, desde que não se arrisque tudo.

George Soros

Isso porque ao investir seu dinheiro em diferentes tipos de investimentos, você diminui mais ainda o seu risco de perder dinheiro e tira a pressão dos seus ombros de ter dinheiro demais investido em ações.

Para isso você pode fazer investimentos em aplicações de renda fixa como Tesouro Direto, CDB, LCA, LCI ou fundos de renda fixa. Em todos esses investimentos, você basicamente vai emprestar seu dinheiro à União e vai receber dela um pagamento de juros mensal.

Portanto, é um investimento altamente seguro, pois é muito difícil da União não honrar com seus compromissos.

Para aumentar mais ainda a sua segurança, quando for escolher algum fundo de renda fixa de qualquer banco que seja para investir, veja se este fundo é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), pois ele garante que caso o banco onde você invista seu dinheiro quebre, até o montante de R$ 250mil você terá reembolso total.

Para saber mais sobre isso, clique nesse link.

Para finalizar, aqui estão as 4 atitudes que vão diminuir seu risco na bolsa de valores:

  1. Investir em empresas com bons fundamentos.
  2. Manter preço médio baixo.
  3. Diversificar entre 10 empresas, pelo menos.
  4. Diversificar em outros tipos de investimentos também.

Caso você tenha gostado das dicas e ainda queira saber como aumentar mais ainda suas chances de vencer na bolsa de valores, veja essa apresentação grátis agora, onde ensino um método diferente e simples, que gerou rentabilidades de 41,10% a 162,43% em 12 meses.

Junto com as dicas que aprendeu aqui você vai se tornar praticamente imbatível na bolsa de valores.

Mas que fique bem claro: eliminar totalmente o risco de um investimento de renda variável como a bolsa de valores ou até mesmo imóveis é impossível, mas baixar o seu risco e maximizar o seu retorno é algo que pode ser alcançado com relativa simplicidade e essas 4 atitudes são o mínimo que você deve fazer se quiser ter alguma chance.

E o melhor de tudo é que é possível conquistar tudo isso com apenas 30 minutos de acompanhamento por semana.

Concorda, discorda? Deixe seu comentário abaixo, quero saber a sua opinião.

Por hoje fico por aqui.

Grande abraço!

– Bruno Kataoka

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of